Archive for the ‘Formação’ Category

h1

Natureza e Sociedade: Balanço e Novas Opções para Portugal

21 Outubro 2008

  

Natureza e Sociedade: Balanço e Novas Opções para Portugal

4 e 5 de Dezembro de 2008

A conferência é promovida pela LPN – Liga para a Protecção da Natureza com o objectivo de promover um balanço dos resultados obtidos e perspectivar o futuro da Conservação da Natureza e Biodiversidade em Portugal.

Público-alvo

  • Organizações e indivíduos interessados na temática do ambiente que lidam directa ou indirectamente com as questões da Conservação da Natureza e da Biodiversidade.
  • Administração pública
  • Organizações Não Governamentais 
  • Associações profissionais
  • Empresas
  • Media
  • Universidades e Centro de Investigação; P
  • Professores do Ensino Secundário
  • Estudantes
h1

MIT – Cursos Universitários On-line Gratuitos

11 Setembro 2007

Unlocking Knowledge, Empowering Minds.

O Massachusetts Institute of Technology – MIT tem feito esforços para disponibilizar conhecimento para todos através de mais de 1700 cursos on-line com documentação das aulas, exames e outro tipo de recursos.

O Open Course Ware – OCW é uma publicação gratuita de materiais utilizados em cursos do MIT que disponibiliza acesso a notas de leitura, problemas-chave, exercícios de laboratório, e outro tipo de recursos como vídeos e apresentações.

O Viridarium recomenda:

E mais em:

Science studies OpenCourseWare no Del.icio.us de JPSDias

h1

Conferência Mundial de Jornalistas de Ciência

8 Setembro 2007

A 5ª Conferência Mundial de Jornalistas de Ciência terminou,
mas a documentação de todas as sessões ficou on-line.

h1

19 e 20 Nov – Minho – Comunicar as Alterações Climáticas

7 Setembro 2007

A Universidade de Minho vai receber a conferência internacional “Communicating Climate Change: Discourses, Mediations and Perceptions“, em 19 e 20 de novembro de 2007.

This project aims to understand the relation between the discourses of various social actors on climate change, their representation in the media and citizens perception of the issue.

h1

Workshop – TV e Comunicação de Ciência

30 Julho 2007

De 8 a 10 Novembro próximo, em Estrasburgo – França, será preparada uma nova agenda para a Comunicação de Ciência na TV durante um workshop organizado pelo pelo projecto europeu Earthwake. O objectivo é usar o apelo da popularidade da TV europeia para criar um novo envolvimento e interesse do público pela ciência.

Via Cordis

h1

Workshop Comunicar Ciência IV – Coimbra

17 Julho 2007

De 19 a 22 de Setembro de 2007 vai realizar-se no Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), em Coimbra, o quarto Workshop Comunicar Ciência. Este workshop é dirigido a cientistas portugueses de todas as áreas de investigação e tem como objectivo principal melhorar a comunicação entre os investigadores científicos portugueses, os meios de comunicação e o público.

Dezasseis cientistas portugueses participarão em três dias e meio de actividades abrangendo as várias vertentes da comunicação de Ciência para audiências não técnicas. Em suma, aprenderão a escrever comunicados de imprensa e notícias científicas, como preparar/agir durante uma entrevista e como comunicar e organizar actividades para/com vários públicos. Analisarão também várias formas de comunicar situações de risco em ciência.

As inscrições estão abertas até dia 3 de Setembro e podem ser feitas através do envio de um CV e curta carta de motivação para info@comunicar-ciencia.org

 

Mais informações em www.comunicar-ciencia.org

 

h1

Encontro de Arte e Ciência no Porto

12 Julho 2007

Encontro de Arte e Ciência junta especialistas internacionais

Dez oradores internacionais trazem a Portugal exemplos do que de melhor se vai fazendo pela Europa no que à fusão entre ciência e arte diz respeito. Organizado pelo IBMC-INEB, em parceria com o projecto Ectopia, o Encontro de Arte e Ciência convida os interessados nas áreas de comunicação de ciência e de produção artística a comparecerem no dia 21 de Julho de 2007, no Auditório do Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto.
O objectivo é fazer com que estas experiências de sucesso que chegam de outros países possam influenciar instituições e jovens artistas nacionais, permitindo que actividades de cruzamento entre a área científica e artística possam emergir no nosso país.
O Encontro tem na agenda dois simpósios, intitulados “Convívios e Diálogos entre as artes e as ciências” e “Uma nova forma de falar Ciência”, cujas conclusões serão publicadas on-line, no sítio oficial do evento.

Destinatários: Agentes culturais; representantes de galerias de arte; representantes de instituições culturais e artísticas; representantes de agências de I&D; representantes de instituições de investigação; estudantes de arte; estudantes de ciências; estudantes de sociologia; grande público.O evento é de entrada livre, mas o número de inscrições está limitado à capacidade do auditório – 180 lugares.

h1

ECSITE – Posts-its de Lisboa

26 Junho 2007

 

 

A conferência anual do ECSITE – Rede Europeia de Museus e Centros de Ciência – realizou-se este ano em Lisboa de 31 de Maio a 2 de Junho. Participaram cerca de 900 pessoas de 55 países.

Entretanto foi publicado um artigo sobre o evento no JCOM Journal of Science Communication:

Posts-its de Lisboa:
Como foram reflectidas as questões da Ciência na Sociedade nas últimas reuniões do ECSITE

 

 

h1

II Encontro Comunicar Ciência

15 Junho 2007

 

Realiza-se amanhã, 16 de Junho, o II Encontro Comunicar Ciência, organizado com a colaboração do IBMC-INEB e da Associação Viver a Ciência. Este ano realiza-se no Porto e pretende mostrar e debater novas ideias, estratégias e abordagens na comunicação de ciência

O encontro é dirigido a todos os investigadores, jornalistas, comunicadores de ciência, professores, artistas, entidades ou editoras científicas e outros interessados em actividades de comunicação de ciência envolvendo a comunidade científica e a sociedade.

 

Mais informações

h1

NASA Tips – Comunicação de Ciência

11 Fevereiro 2007

 

 

Dicas da NASA sobre Livros e Recursos on-line para Comunicadores de Ciência

h1

Nº de alunos de Ciência em “queda livre” – Estará a “fuga de cérebros” a começar no Ens. Secundário?

14 Agosto 2006

Ontem a BBC News publicou um artigo no qual se constata que existe um número cada vez mais reduzido de alunos do Ensino Secundário que seguem para cursos de Ciência.

The CBI [Confederation of British Industry] said the number of A-level students taking physics had fallen 56% in 20 years. In chemistry the decline was 37%.

Num mundo cada vez mais dependente da Ciência e da Tecnologia tem-se vindo a verificar que na Europa existe um cada vez maior desinteresse dos estudantes por estas áreas.

O que não é de estranhar… Ora vejamos, os jovens e as suas famílias têm tomado consciência de que as licenciaturas nestas áreas não são fáceis de concretizar. A sociedade tem vindo a constatar que os cientistas vivem de bolsas uma grande parte das suas vidas, sendo que a vida profissional de quem quer fazer investigação científica é cada vez mais precária e instável. Ou seja, as profissões científicas estão a ser cada vez mais desvalorizadas.

Se os governos e as empresas querem cientistas, então têm que lhes dar condições para que tenham uma boa qualidade de vida.

Mr Lambert [CBI Director-general] said: “Employers are increasingly worried about the long-term decline in numbers studying A-level physics, chemistry and maths, and the knock-on effect on these subjects, and engineering, at university.

Em Portugal, o governo já tentou implementar programas de integração de mestres e doutores nas empresas, mas as suas políticas não resultaram. Ao que parece a maioria dos empresários portugueses estão convencidos de que não necessitam de funcionários altamente qualificados e talvez as tais políticas não tenham sido suficientemente entusiasmantes para quem vive para ter lucro financeiro, não será?

Se reflectirmos nas estimativas do CBI muito há a fazer na Europa para que os “cérebros não se ponham em fuga“, tanto para fora da Europa [no caso dos que já são cientistas] como para formações académicas e profissões mais aliciantes [no caso, dos potenciais cientistas do futuro]:

The CBI estimates that the UK will need 2.4 million more people to work in scientific jobs by 2014.

Podemos ainda reflectir de outra maneira. Pensemos nestes factos:

China, India, Brazil and eastern European countries were producing hundreds of thousands of scientists and engineers every year[…]

Afinal talvez a situação não seja assim tão complicada. Se, a Europa não formar cientistas, outros virão para o seu lugar…

RC
Imagem da Comissão Europeia

h1

Conferência – Comunicar Matemática na Era Digital – Aveiro

12 Agosto 2006

Vai realizar-se em Aveiro, de 15 a 18 de Agosto, a Conferência Internacional Comunicar Matemática na Era Digital – CMDE2006.

Nesta Era Digital que atravessamos assiste-se a alterações radicais na forma como os investigadores, em especial da área da Matemática, utilizam os mecanismos de pesquisa, produção científica, publicação e divulgação do seu trabalho. Estas mudanças devem-se sobretudo ao avanço das Ciências da Informação e das Novas Tecnologias (arquitectura da informação, arquivo, preservação, formas de apresentação da informação na web, etc.).

Esta conferência tem como principal objectivo reunir investigadores das diferentes áreas da Matemática, das Ciências da Informação e das Ciências da Computação para promover o debate e a apresentação de novas ideias com o intuito de se melhorarem este tipo de mecanismos.

RC

Via Ciência Hoje

h1

Curso – Comunicar Ciência 2006

2 Agosto 2006

 

Este ano o Curso – Comunicar Ciência 2006 – irá realizar-se no Porto, entre os dias 27 a 30 de Setembro.

Objectivos
> Tornar os cientistas mais confiantes e eficientes na comunicação escrita e falada, com o público e com os media
> Motivar e dar ferramentas aos cientistas para se envolverem em comunicação bidireccional com os cidadãos, através de actividades de diálogo e debate.

Actividades
> A Imprensa: o comunicado de imprensa e a conferência de imprensa
> Rádio e Televisão: ser entrevistado
> A Internet
> A comunicação com o público: diálogo e debate

Formadores

> Jornalistas, especialistas e investigadores em comunicação de ciência, a trabalhar em Portugal e no Reino Unido.
Todos os formadores têm larga experiência em comunicar ciência e/ou em treinar cientistas para comunicar.

Participantes
16 investigadores de qualquer área.

Local

Instituto de Biologia Molecular e Celular ; Rua do Campo Alegre, 823—Porto

Inscrições
100 euros
A inscrição no curso cobre almoços e cafés. A organização não cobre despesas de jantar, alojamento ou deslocação dos participantes.
Enviar as inscrições com CV e curta carta de motivação para:
http://www.ibmc.up.pt/comunicaraciencia/registo.php

Data limite para inscrições
5 de Setembro
Os candidatos seleccionados serão informados até 15 de Setembro.

Organização
> Ana Godinho Coutinho (Universidade de Edimburgo, Reino Unido)
> Mónica Bettencourt Dias (Universidade de Cambridge, Reino Unido)
> Sofia Jorge Araújo (Instituto de Biologia Molecular de Barcelona, Espanha)
> Júlio Borlido Santos (Núcleo de Cultura Científica IBMC/INEB)

Programa e Mais informações em:
http://www.ibmc.up.pt/comunicaraciencia

 

 

h1

Diferenças entre divulgação e jornalismo de Ciência

30 Junho 2006

Só hoje descobri um artigo de Eduardo Augusto Geraque, onde o biólogo e jornalista científico brasileiro discute a importância de explicar as diferenças entre divulgação científica e jornalismo de ciência.

“Pesquisadores com um texto claro e bem estruturado conseguem expressar conceitos precisos e exatos, conteúdo no qual tanto o leitor leigo como os educadores (muitas vezes também com formação e informação escassas) podem confiar. Mas como o mundo não é feito apenas pelo universo científico, é inegável que tais autores, cientistas, falam de dentro de seu mundo para fora. Muitas vezes, como parte do sistema, é bastante difícil ter uma visão múltipla e desprovida de interesses de classe, sem que isso possa soar pejorativo. Qualquer cidadão sobre a face da Terra tem suas preferências, sua corrente de pensamento, uma ideologia para seguir em frente. Aí entra a importância do jornalismo, que se encontra em posição de observar a ciência pelo lado de fora.

É claro que também os jornalistas têm seus interesses de classe e outros, mas é importante…”

A ler na Scientific American Brasil de Março de 2006

RC

h1

Escola de Verão na FCSH-UNL

21 Junho 2006

 

Neste dia de Solstício, recebi a informação de que a Faculdade de Ciências Sociais Humanas da Universidade Nova de Lisboa vai realizar a primeira Escola de Verão com vários cursos disponíveis durante o mês de Julho.

Se pudesse realizar todos os que me apetecesse, participaria nestes aqui em baixo, que parecem mais giros:

– Saber "Ler" um Jardim
– Comunidades e Culturas Ribeirinhas
– Gentes e Ambientes
– Ética e Bioética
– Ecologia humana e desenvolvimento sustentável
– A Zona Costeira de Portugal: Problemas e Desafios de Ordenamento

 

RC
Imagem de RC