Archive for the ‘Educação Ambiental’ Category

h1

Science in School 6 e 7

21 Janeiro 2008

 

Science in School 6

‘Ask a scientist’ websites
Interview with Tim Hunt, Nobel Prize Medicine for descoveries on cell cycle

 

Science in School 7

What do we know about climate?
Free online teaching materials

 

Anúncios
h1

Árvores – Estranhas, magníficas Árvores

16 Outubro 2007

 

As 10 mais belas, estranhas e magníficas árvores do planeta.

 

 

h1

Livro – Turismo Científico

6 Setembro 2007

A Assírio e Alvim publicou o Turismo Científico em Portugal: um Roteiro.

O objectivo deste livro é dar a conhecer aos que se interessam por ciência alguns locais e entidades que, de outra forma, poderiam passar despercebidos. Organizado de forma a facilitar a consulta, é um guia que se divide segundo as regiões do país (Lisboa e Vale do Tejo, Norte, Centro, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira). Por sua vez, as regiões repartem-se nos concelhos que as compõem, e estes são dispostos alfabeticamente. Durante o Verão, a Ciência Viva coloca a Astronomia, a Geologia, a Biologia, os Faróis e a Engenharia nos programas de férias em Portugal. Este Roteiro complementa esse contacto directo, privilegiado, entre cientistas e público. O presente volume inaugura uma colecção que se abre às cidades e que coloca a ciência na mão e no coração dos portugueses e de todos os cidadãos que nos visitam.

Sobre o assunto será interessante ler os posts de Carlos Fiolhais – I, II, III, IV e V – no De Rerum Natura

h1

ProNatura – Programa para reflorestar áreas ardidas

8 Agosto 2007

A Timberland chegou a Portugal há 10 anos. Para comemorar está a concretizar o projecto “Um nome, uma árvore” para plantar 10.000 árvores em Mirandela. Basta doar 1 euro numa das lojas da marca, sem ser necessário comprar qualquer produto. A Timberland oferece outro euro, e o seu nome fica associado à árvore e ficará registado numa base de dados da plantação.

Este projecto está associado a uma campanha da Pronatura da ANEFA. Para conhecer outros parceiros deste programa e saber como pode participar consulte mais informações AQUI.

 

h1

Colecção – Árvores e Florestas de Portugal

28 Julho 2007

coleccaoarvoresflorestaspt.jpg

O jornal Público está a distribuir novamente a colecção de nove livros “Árvores e Florestas de Portugal” que foi produzido com o apoio da LPN – Liga para a Protecção da Natureza.

Hoje, 28 de Julho, é Dia Nacional da Conservação da Natureza e a LPN festeja o seu 59º Aniversário no jardim da sede, em Benfica-Lisboa num “Piquenique com Memória”, com o objectivo de partilhar memórias relativas à evolução ao longo dos tempos daquela que é a mais antiga associação de ambiente em Portugal.

Quem quiser participar neste evento deverá contactar a LPN para lpn.natureza@lpn.pt

h1

Outra vez o (não) uso da bicicleta…

26 Julho 2007

biclas.jpg

Há quase dois anos, escrevi um dos primeiros posts sobre a utilização de bicicletas na capital – Em vez de pedalar, a bicicleta à mão levar… – e as situações ridículas que algumas mentes mesquinhas impõem.

Hoje comento outra vez o mesmo assunto, incentivada pela notícia Portugueses entre os europeus que menos andam de bicicleta, que explica que o Português não usa a bicla. Os poucos que utilizam as duas rodas para as “actividades diárias” fazem parte de um mísero 1,1%, diz o Eurobarómetro.

Humm…Tantos que somos!

Motivos para justificar a não utilização das bicicletas não faltam:

  1. Os Portugueses são tão preguiçosos.
  2. Os condutores das viaturas de quatro rodas insistem em desrespeitar os ciclistas. Até a PSP desrespeita os sinais de trânsito!
    Sabem, aqueles sinais que ficam verdes para os peões e para os ciclistas, mas que estão laranja para os veículos motorizados? Há uns desses na Rotunda do Marquês, em Oeiras… Não sei se vos diga se vos conte… O desrespeito do sinalinho é lindo! Até a polícia…
  3. E as viaturas estacionadas em cima das passadeiras e das ciclovias?
    Em Oeiras, nem há imensas pessoas com cadeiras de rodas eléctricas, nem nada.
    Para quê respeitar os utilizadores das ciclovias? São locais mesmo convenientes para estacionar o carrinho…
    O que faz a PSP? Passa a vida junto ao centro de saúde na caça à multa, por excesso de velocidade, na Avenida da República.
  4. Como conduzir uma bicicleta em segurança se continua a haver falta de ciclovias por essas cidades?
  5. Como estacionar em segurança se não há parqueamentos apropriados?

 

Se pensa como a maioria das pessoas é porque nunca experimentou as alegrias de conduzir uma bicla de 21 mudanças. Se também pensa que usar as duas rodas significa chegar ao emprego emanando desagradáveis odores é porque nunca experimentou pedalar calmamente num percurso curto, com subidas pouco acentuadas.

Não resisto a contar que trabalham centenas de pessoas dentro dos muros da Estação Agronómica Nacional (EAN) e que se todos se lembrassem de levar as bicicletas não sei onde as estacionaríamos. Assim a EAN está recheadinha de automóveis e muita gente mora a menos de 2 ou 3 km dali…

Mas há uns “tont@s” que se lembram de ir a pedalar. Estacionam junto às canalizações externas do Instituto de Tecnologia Química e Biológica para poderem utilizar os cadeados. Só há 4 ou 5 canos. Se mais dois ou três se lembram da mesma graça, não sei o que faremos…

Rita, uma das “tontas”

 

P.S. Já pensou em ir para a praia de bicicleta? Não? Tem medo dos carros? Enquanto não disponibilizam ciclovias, faça como eu. Ao fim do dia, quando já não abundam os transeuntes, vá pelo passeio. Se encontrar peões, pare, olhe o pôr-do-sol e prossiga, sorrindo.
: -)

h1

Centro de Ciência Viva da Floresta

21 Julho 2007

O que é uma árvore?
A madeira é toda igual?
Como se faz um lápis?
Como funcionam os sistemas de controlo e vídeo-vigilância de incêndios florestais?

As respostas podem ser descobertas no Centro de Ciência Viva da Floresta, em Proença-a-Nova, que é inaugurado hoje. O Centro está instalado num edifício construído, inspirado na secção de corte de uma árvore e nos veios concêntricos que a constituem. Existem módulos interactivos que possibilitam a exploração de aspectos ambientais, humanos, biológicos e económicos relacionados com o tema “A Floresta”.