h1

TOP 100 – Questões ecológicas mais importantes

3 Agosto 2006

 

Mais de 650 investigadores, académicos, políticos e representantes de instituições públicas e privadas – reuniram-se recentemente com o objectivo de seleccionarem as questões ecológicas de maior interesse político no Reino Unido. O responsável por esta iniciativa foi Bill Sutherland, da Universidade de East Anglia do Reino Unido, investigador conhecido por promover actividades com o objectivo de ultrapassar as dificuldades de comunicação entre cientistas e políticos.

Apesar das divergências entre as partes – caracterizadas pela preferência das questões específicas por parte dos cientistas e pela preferência pelas questões generalistas por parte dos políticos –, os participantes seleccionaram 100 tópicos, a maior parte deles sobre a compreensão da biodiversidade e a eficiência da sua conservação. Essas questões foram distribuídas por 14 categorias:

> Serviços prestados pelos ecossistemas
> Agricultura
> Florestas
> Pescas, aquacultura e conservação marinha
> Desportos de campo e recreio
> Desenvolvimento urbano
> Espécies invasoras
> Poluição
> Alterações climáticas
> Produção de energia e gestão do carbono
> Estratégias de conservação
> Gestão e restauração dos habitats
> Uso e interligação das paisagens e do solo
> Criação de espaço para água

O jornal científico Journal of Applied Ecology da British Ecological Society publicou a lista das 100 questões ecológicas que foram consideradas como as que necessitam de acção política mais urgente.

 

RC
Fonte: Euroactiv

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: